Skip links

As redes sociais nem sempre são a salvação

As redes sociais nem sempre são a salvação

As redes sociais não são sempre a solução para todos os problemas. Porque quer utilizar as redes sociais?

Aqui ficam as razões mais comuns dadas pelos donos de negócios e o porquê de não serem as corretas:

“Quero muitos seguidores”

Porque é que quer muitos seguidores? Qual é o benefício para qualquer negócio ter milhares de seguidores? Muitos empresários acham que o objetivo das redes sociais é conseguir mais seguidores, mas qual é o propósito de ter muitos seguidores se eles simplesmente continuam a fazer scroll sem olhar para o seu post? Uma base de seguidores forte é essencial para todos os negócios, mas querer muitos seguidores por si só simplesmente não faz sentido.

Deverá procurar seguidores ativos e genuinamente interessados no seu negócio, pois são estes que se poderão tornar clientes.

O que prefere? 10.000 seguidores com 50 realmente interessados nas publicações ou 2.000 com 250 interessados?

“Quero mais tráfego no meu website”

As redes sociais são, sem dúvida, uma ferramenta poderosa para aumentar o tráfego do website, mas será que apenas querer tráfego é suficiente? Ter pessoas a clicar em hiperligações para o seu website aparecerá na análise do tráfego ao website, mas que uso tem este tipo de tráfego? Está a direcionar os seguidores para a homepage ou está a fornecer conteúdo de valor? Para que este tráfego proveniente das redes sociais tenha valor, terá de fornecer conteúdo original e interessante para o seguidor, para adicionar valor à sua experiência, em vez de apenas o redirecionar para a homepage do seu website.

A questão é: o que irá fazer com este tráfego proveniente das redes sociais? Será que é propenso a fazer crescer as vendas?

“Quero aumentar as vendas”

Este sim, é o tipo de objetivo que deve ter em mente ao usar as redes sociais. No entanto, também precisa de ser mais segmentado e completo.

Quando aborda as redes sociais e a venda social, é essencial que olhe para os atuais métodos de venda e que combine ambos. Outra questão que deverá colocar é: será que a minha audiência é propensa a tornar-se em clientes? A análise feita às redes sociais e os dados do tráfego ao website deverão ser capazes de lhe dizer que tipo de visitantes recebe.

“Queremos aumentar a notoriedade da marca”

Este é um ótimo começo para uma campanha de marketing para as redes sociais – no entanto, antes de iniciar este processo, deverá olhar para a estratégia atual. Como é está atualmente a medir a notoriedade? Tem como comparar a sua notoriedade com a de outra marca ou influencer cujo alcance parece mais significativo que o seu? Porque precisa de adicionar as redes sociais à sua estratégia atual? Como é que isso irá complementar e melhorar as atividades atuais?

Conclusão

Em todas as campanhas de marketing bem-sucedidas, há normalmente três elementos chave: marketing de conteúdo, email marketing e redes sociais.

O storytelling sempre foi, e continuará a ser, uma poderosa ferramenta de marketing. Conteúdo de valor vende, cria relações e retém atenção para o seu negócio. Combinar conteúdo visual de qualidade e conteúdo em vídeo e escrito permite-lhe enviar mensagens que se adequam a todas as audiências.